Descrição

Preparatório para OAB (venda de cronogramas de 30, 60 e 90 dias; Kit 'Como se preparar para o exame de Ordem' 3 livros – questões, teoria resumida e gabarito).

Tags

Exame da OAB OAB

Contato

viciodeumaestudante.com.br

Redes sociais do Curso

1.7 Média (1.7/5)
Qualidade

Preço

Didática

Suporte

Opiniões mais recentes

3.5

Alice de Souza Cascardo

(Há 678 dias)

Me ajudou na aprovação

Curso: Método QLR 90 DIAS

Comprei o método da vício que consistia no cronograma + resumos + alguns conteúdos na plataforma online e o kit de livros. Na realidade, eu queria ter comprado só o cronograma e os livros, mas quando fui prestar o exame ela só vendia esse método completo. As metas eram bem extensas, no início, quando fazia estágio de 6h/dia foi um pouco complicado de cumprir, mas tive a sorte de as aulas da universidade estarem remotas e de ter começado um estágio de apenas 4h/dia, o que foi bastante vantajoso levando em consideração que costumava levar por volta de 4 ou 5 horas por dia pra concluir as metas. Ressalto que pouquíssimas vezes eu fiz as datas de revisão do cronograma, que ela afirma serem muito importantes. Isso porque como as metas eram bem grandes, eu fiquei um pouco atrasada em alguns momentos e usava as datas de revisão para colocar em dia. Pra mim, o essencial do método é a divisão de matérias para estudar naquele dia, porque eu não teria condições de organizar meus estudos sozinha e o cronograma é bem detalhado, cobrindo quase tudo que a OAB pede. Isso em conjunto com a realização das questões conforme a meta indicava ajudou demais e consegui ter uma pontuação bastante satisfatória na primeira fase. Foi trabalhoso, mas com alterações para conseguir adaptar o método a minha rotina e a forma como gosto de estudar acabou sendo bastante proveitoso. Se fosse possível, indicaria que as pessoas comprassem só o cronograma e o livro de questões, porque o resto foi bem dispensável!

Qualidade

Preço

Didática

Suporte

Sem resposta
0

Mari

(Há 983 dias)

Não deu certo para mim.

Curso: Cronograma 90 dias 2020.

Olá. Segue uma avaliação muito franca sobre minha experiência. Não funcionou para mim considerando a minha realidade. Funcionará para você? Não sei, somente tentando para descobrir. Mas passo as minhas considerações. Primeiro, o meu relato é relacionado ao cronograma em si e não acerca do Kit vendido pela Editora Juspodvm. O cronograma que adquiri atualmente nem é mais comercializado, pois agora a Ana comercializa o "método QLR", ao que percebi, trata-se de uma mentoria para OABeiros, mas o método basicamente é: resolução de questões, leitura da lei e revisão (salvo engano). O método é inovador? Não, resolver questões, ler a lei e revisar, está na agenda diária de toda pessoa que estuda, sobretudo para concursos. Que era o meu caso, logo, nehuma novidade. O que me fez adquirir o produto foi a organização do que era para ser estudado, pois, bateu o desespero para saber por onde começar a revisar aquele mar de matérias. A priori, ressalto que estudo, trabalho e tenho deveres domésticos. Não tenho filhos ou qualquer pessoa que dependa dos meus cuidados. Tempo para estudar não possuía muito, mas sempre me virei bem com isso, pois, não é de hoje que estudo para concursos, a OAB foi apenas mais uma fase pela enfrentei. Eu passei na OAB, mas não porque segui taxativamente o mínimo e máximo sugerido pelo cronograma. Ele é possível? Sim, a depender da sua rotina, para a minha foi inviável. Me frustrava muito não conseguir bater as metas diárias, bem como, responder questões sobre as quais eu nunca na vida havia visto a matéria, embora este fosse um conselho da Ana para estudar (mesmo que não tenha visto a matéria, responda - para mim não deu e até hoje não faz o menor sentido). Outro ponto, a meta diária era quase inalcançável para quem trabalha e estuda (outros amigos que tentaram seguir o método também fizeram esta observação). Foram inúmeras vezes que me senti mal por não conseguir fazer a metade da metade da meta, sequer 10 questões conseguia responder no dia, pois, para mim o mais importante é a qualidade e não a quantidade. De nada me adiantava responder e não inferir o estudo. O cronograma sugeria o estudo de todas as matérias até o dia da prova por meio das questões, e ainda conseguir fazer uma revisão periódica em cima das "anotações ou resumos" que a pessoa fez enquanto respondia questões. O que para mim, tornava este método menos viável ainda, já que mal tinha tempo para resolver 30 ou 60 questões, quem dirá ainda fazer um material de revisão em 90 dias (ressalto, de modo a inferir o conteúdo estudado). Faltando quase um mês para o OAB, passei a resolver questões pelo QConcurso, sem me preocupar com a quantidade mas sim pela retenção do que havia estudado. Por meio dos comentários revisava a lei, doutrina e jurisprudência, os comentários dos usuários são ótimos. O livro de questões é bom? Sim, mas eu me adaptei melhor a plataforma que sempre estudei. A propósito, o livro é comentado por autores da Juspodvm, a qualidade é inquestionável. Recomendaria o cronograma? Depende. Ele é de fato detalhado e robusto, ele foi muito bem desenvolvido, é notável a dedicação da Ana em fazê-lo, aborda os temas essenciais para OAB. O problema para mim foi a inviabilidade de executa-lo no tempo sugerido. E não apenas para mim, colegas compartilharam da mesma impressão. Se você dispõe de tempo e apoio familiar para que cumpra seus deveres domésticos, ótimo, o cronograma lhe ajudará sem dúvidas. Não foi o meu caso. Preciso trabalhar e tenho estes deveres indelegáveis, o tempo remanescente era distribuído entre a faculdade e o estudo para OAB, e bem sabemos que não é nada fácil conciliar isso, ainda mais com o ônus da OAB. Saber que não alcançava o mínimo da meta me deixava triste e me fazia pensar ser incapaz de passar na OAB. O peso de não conseguir cumprir as metas era frustrante. Hoje em dia não sei se isso mudou, se as metas são adequadas para a realidade de quem não dispõe de 4 ou 5 horas disponíveis diariamente (o que eu demorava mais ou menos para responder tudo - comecei nas férias, logo, tinha muito tempo disponível, mas lógicamente não é a regra). Enfim, deixo o meu relato sobre o produto que era vendido, atualmente existe um outro formato que não tive acesso já que não tinha condições de pagar a mentoria, assim como, não senti necessidade de contratar esse tipo de serviço para OAB. O cronograma pode ser adaptado a sua realidade? Sim, eu não consegui, não quer dizer que você não consiga. Muita gente passou usando o cronograma, como fizeram eu não sei, se conseguiam bater as metas totalmente, se não conseguiam. Enfim, seria bom ter o comentário deles aqui. No instagram @viciodeumaestudante vocês encontraram estes relatos. Comentários como o meu, obviamente nunca verão. Um conselho de quem conseguiu avançar na primeira fase: considere todo o processo de estudo que teve ao longo da faculdade, não ache que começará do zero pois não sabe nada (a não ser que você tenha feito a faculdade de qualquer jeito, aí, se preocupe sim); resolver questões é fundamental, para conhecer a forma de cobrança da banca bem como revisar a matéria; faça o que puder com o tempo que você tem, embora tenha um bom cronograma ao seu lado ele não fará milagres, você tem que fazer a sua parte; se ele mais atrapalhar do que ajudar, mude o planejamento ou a forma, foi o que fiz, apenas não desvie o seu foco do que realmente importa: estudar muito.

Qualidade

Preço

Didática

Suporte

Sem resposta
Organizar por:
3.5

Alice de Souza Cascardo

(Há 678 dias)

Me ajudou na aprovação

Curso: Método QLR 90 DIAS

Comprei o método da vício que consistia no cronograma + resumos + alguns conteúdos na plataforma online e o kit de livros. Na realidade, eu queria ter comprado só o cronograma e os livros, mas quando fui prestar o exame ela só vendia esse método completo. As metas eram bem extensas, no início, quando fazia estágio de 6h/dia foi um pouco complicado de cumprir, mas tive a sorte de as aulas da universidade estarem remotas e de ter começado um estágio de apenas 4h/dia, o que foi bastante vantajoso levando em consideração que costumava levar por volta de 4 ou 5 horas por dia pra concluir as metas. Ressalto que pouquíssimas vezes eu fiz as datas de revisão do cronograma, que ela afirma serem muito importantes. Isso porque como as metas eram bem grandes, eu fiquei um pouco atrasada em alguns momentos e usava as datas de revisão para colocar em dia. Pra mim, o essencial do método é a divisão de matérias para estudar naquele dia, porque eu não teria condições de organizar meus estudos sozinha e o cronograma é bem detalhado, cobrindo quase tudo que a OAB pede. Isso em conjunto com a realização das questões conforme a meta indicava ajudou demais e consegui ter uma pontuação bastante satisfatória na primeira fase. Foi trabalhoso, mas com alterações para conseguir adaptar o método a minha rotina e a forma como gosto de estudar acabou sendo bastante proveitoso. Se fosse possível, indicaria que as pessoas comprassem só o cronograma e o livro de questões, porque o resto foi bem dispensável!

Qualidade

Preço

Didática

Suporte

Sem resposta
0

Mari

(Há 983 dias)

Não deu certo para mim.

Curso: Cronograma 90 dias 2020.

Olá. Segue uma avaliação muito franca sobre minha experiência. Não funcionou para mim considerando a minha realidade. Funcionará para você? Não sei, somente tentando para descobrir. Mas passo as minhas considerações. Primeiro, o meu relato é relacionado ao cronograma em si e não acerca do Kit vendido pela Editora Juspodvm. O cronograma que adquiri atualmente nem é mais comercializado, pois agora a Ana comercializa o "método QLR", ao que percebi, trata-se de uma mentoria para OABeiros, mas o método basicamente é: resolução de questões, leitura da lei e revisão (salvo engano). O método é inovador? Não, resolver questões, ler a lei e revisar, está na agenda diária de toda pessoa que estuda, sobretudo para concursos. Que era o meu caso, logo, nehuma novidade. O que me fez adquirir o produto foi a organização do que era para ser estudado, pois, bateu o desespero para saber por onde começar a revisar aquele mar de matérias. A priori, ressalto que estudo, trabalho e tenho deveres domésticos. Não tenho filhos ou qualquer pessoa que dependa dos meus cuidados. Tempo para estudar não possuía muito, mas sempre me virei bem com isso, pois, não é de hoje que estudo para concursos, a OAB foi apenas mais uma fase pela enfrentei. Eu passei na OAB, mas não porque segui taxativamente o mínimo e máximo sugerido pelo cronograma. Ele é possível? Sim, a depender da sua rotina, para a minha foi inviável. Me frustrava muito não conseguir bater as metas diárias, bem como, responder questões sobre as quais eu nunca na vida havia visto a matéria, embora este fosse um conselho da Ana para estudar (mesmo que não tenha visto a matéria, responda - para mim não deu e até hoje não faz o menor sentido). Outro ponto, a meta diária era quase inalcançável para quem trabalha e estuda (outros amigos que tentaram seguir o método também fizeram esta observação). Foram inúmeras vezes que me senti mal por não conseguir fazer a metade da metade da meta, sequer 10 questões conseguia responder no dia, pois, para mim o mais importante é a qualidade e não a quantidade. De nada me adiantava responder e não inferir o estudo. O cronograma sugeria o estudo de todas as matérias até o dia da prova por meio das questões, e ainda conseguir fazer uma revisão periódica em cima das "anotações ou resumos" que a pessoa fez enquanto respondia questões. O que para mim, tornava este método menos viável ainda, já que mal tinha tempo para resolver 30 ou 60 questões, quem dirá ainda fazer um material de revisão em 90 dias (ressalto, de modo a inferir o conteúdo estudado). Faltando quase um mês para o OAB, passei a resolver questões pelo QConcurso, sem me preocupar com a quantidade mas sim pela retenção do que havia estudado. Por meio dos comentários revisava a lei, doutrina e jurisprudência, os comentários dos usuários são ótimos. O livro de questões é bom? Sim, mas eu me adaptei melhor a plataforma que sempre estudei. A propósito, o livro é comentado por autores da Juspodvm, a qualidade é inquestionável. Recomendaria o cronograma? Depende. Ele é de fato detalhado e robusto, ele foi muito bem desenvolvido, é notável a dedicação da Ana em fazê-lo, aborda os temas essenciais para OAB. O problema para mim foi a inviabilidade de executa-lo no tempo sugerido. E não apenas para mim, colegas compartilharam da mesma impressão. Se você dispõe de tempo e apoio familiar para que cumpra seus deveres domésticos, ótimo, o cronograma lhe ajudará sem dúvidas. Não foi o meu caso. Preciso trabalhar e tenho estes deveres indelegáveis, o tempo remanescente era distribuído entre a faculdade e o estudo para OAB, e bem sabemos que não é nada fácil conciliar isso, ainda mais com o ônus da OAB. Saber que não alcançava o mínimo da meta me deixava triste e me fazia pensar ser incapaz de passar na OAB. O peso de não conseguir cumprir as metas era frustrante. Hoje em dia não sei se isso mudou, se as metas são adequadas para a realidade de quem não dispõe de 4 ou 5 horas disponíveis diariamente (o que eu demorava mais ou menos para responder tudo - comecei nas férias, logo, tinha muito tempo disponível, mas lógicamente não é a regra). Enfim, deixo o meu relato sobre o produto que era vendido, atualmente existe um outro formato que não tive acesso já que não tinha condições de pagar a mentoria, assim como, não senti necessidade de contratar esse tipo de serviço para OAB. O cronograma pode ser adaptado a sua realidade? Sim, eu não consegui, não quer dizer que você não consiga. Muita gente passou usando o cronograma, como fizeram eu não sei, se conseguiam bater as metas totalmente, se não conseguiam. Enfim, seria bom ter o comentário deles aqui. No instagram @viciodeumaestudante vocês encontraram estes relatos. Comentários como o meu, obviamente nunca verão. Um conselho de quem conseguiu avançar na primeira fase: considere todo o processo de estudo que teve ao longo da faculdade, não ache que começará do zero pois não sabe nada (a não ser que você tenha feito a faculdade de qualquer jeito, aí, se preocupe sim); resolver questões é fundamental, para conhecer a forma de cobrança da banca bem como revisar a matéria; faça o que puder com o tempo que você tem, embora tenha um bom cronograma ao seu lado ele não fará milagres, você tem que fazer a sua parte; se ele mais atrapalhar do que ajudar, mude o planejamento ou a forma, foi o que fiz, apenas não desvie o seu foco do que realmente importa: estudar muito.

Qualidade

Preço

Didática

Suporte

Sem resposta

Descrição

Preparatório para OAB (venda de cronogramas de 30, 60 e 90 dias; Kit 'Como se preparar para o exame de Ordem' 3 livros – questões, teoria resumida e gabarito).

Tags

Exame da OAB OAB

Contato

viciodeumaestudante.com.br

Redes sociais do Curso